Monday, February 3, 2014

3 de Fevereiro

Se

Se eu fosse uma canção
Qual seria meu tom?
No espaço do meu compasso
Me perderia no meu infinito
Que já não é particular...

Se eu fosse uma canção
Qual seria meu refão?
Quantos versos eu teria?
Quantos corações eu tocaria?

Se eu fosse uma canção
Poderia estar na sua trilha sonora?
Ser o tema que toca no fundo quando você anda?
A música que entoa naquela hora, que sua ideia linda aflora?

Se eu tocasse no rádio
Você pararia para me escutar?
Cantaria junto?
Deixaria seu corpo dançar?

Se eu fosse uma canção...
Poderia ser só sua?


1 comment:

  1. você pode até não ser uma canção, mas é uma palavra, uma voz invisível que me acompanha e me alegra.

    ReplyDelete