Tuesday, March 4, 2014

4 de Março

Os Sete. 

No início, quando o mundo ainda era novo, não havia nada, não havia regras. Por muitos anos Luz e escuridão era tudo que existia, e tudo que se precisava. Anos de solidão se passaram e a humanidade  criou-se e com ela uma única regra:
O que nasce da terra deve perecer na terra.
O tempo passa e a regre se respeita,todos  os humanos e seres animais aceitam o limite de tempo que lhes é cedido pelos grandes deuses da Luz e da Escuridão.  
Ou quase todos.
Era uma família simples, que moravam perto das nascentes de um rio que anos depois fora conhecido como o Primeiro Rio sagrado, quando o primeiro filho chegou aos doze anos, os patriarcas da família foram mortos. Sozinhos e amargurados pela perda tão recente de seus pais os jovens passam suas vidas buscando formas diferentes de burlar a Morte. Anos se passaram, conhecimentos foram acumulados e antes que o primeiro filho chegasse a idade fatal, os sete conseguiram cumprir sua meta.
Os sete irmãos quebraram a  Regra dos Deuses da Luz e Escuridão, nascidos da terra, os sete irmãos não poderiam jamais morrer. Os deuses, frustrados castigaram cada um dos irmãos com um vicio que seria carregado com eles pela eternidade, mas por terem trabalhados juntos e conseguido burlar a regra única, cada um deles ganhou uma virtude.
Separados cada um dos sete irmãos encontrou um lar em diferentes partes do mundo, e a solidão e o tempo os fizeram cansados e tristes, buscando diferentes maneiras de criar outros imortais como eles. Do mais velho a mais nova, os irmãos foram criando diferentes clãs de criaturas mais que humanas, que ganharam habilidades tão mágicas quanto à imortalidade deles. Temidos pelos humanos mortais, os sete irmãos e seus descendentes, eles esconderam-se, adaptaram-se e novas espécies apareceram, mas todos tinham algo em comum, nenhum deles poderia expor a própria imortalidade.
Anos, décadas, séculos passaram e os sete primeiro irmãos descobriram que mais que uma benção a imortalidade era uma maldição, e observando a completa agonia dos irmãos fora concedido a eles uma nova condição, se eles viverem juntos, os sete, sob o mesmo teto, eles atingiram a idade fatal e finalmente poderiam descansar.
E com isso as lendas começaram a ser criadas... E lutas começaram a ser travadas.

Os imortais que buscavam a mortalidade reuniam um de cada espécie sob o mesmo teto, e os imortais que queria impedir isso buscaram uma forma de não permitir isso, eliminando a mais forte das espécies, uma vez que falte um dos sete... Nenhum imortal poderia voltar ao estado original da Regra única.  

Continua. 

1 comment:

  1. fuck... cadê o resto???? O que acontece!!!!!????

    ReplyDelete