Monday, April 14, 2014

10 de Abril


Lendas Urbanas

Na faculdade que estudo existem várias pequenas lendas urbanas, algumas são reais outras dariam um conto em um blog desconhecido. Honestamente a que eu mais gosto esta relacionado ao curioso aroma de incenso que paira pelo corredor do maior edifício da faculdade.

Esse corredor é aberto, enorme , deve ter uns  bons quilômetros de distancia, e é largo que só o que, existem vários pequenos jardins nele, e em um determinado espaço, nada muito grande, quando eu passo, toda sexta feira, eu sinto um cheiro maravilhoso de incenso.

Alguns dias atrás eu fui procurar saber o que era aquilo, e da onde estava vindo aquele cheiro, depois de passar um bom tempo procurando,e me atrasando para aula, eu não cheguei a conclusão nenhuma, mas. Comecei a ouvir boatos.

Dizem que naquela área há muito tempo atrás, havia um cara que vendia incenso. Algumas pessoas dizem que era um velho de barba e bigode grisalho, outros e certeza que era um rapaz de vinte anos e dreadlocks, tem até  quem diga que era um ex professor que enlouqueceu, a verdade é que uma coisa todo mundo concorda, o home que vendia incenso era muito preocupado com a ideia de ser esquecido. Ele não tinha mais família e sabia que quando morresse ele seria esquecido, e seria como se ele nunca mais existisse.

Então ele morreu, e por dias ninguém se quer percebeu até que começou o cheiro do incenso, e as pessoas começaram a se perguntar onde estava o cara , o que aconteceu com ele... E cada vez que alguém falava dela mais forte o cheiro ficava.

As pessoas dizem que é besteira essa lenda, eu não sei o que acreditar por que o cheiro ta lá, e ninguém nunca se esqueceu desse cara, seja ele quem for.

No comments:

Post a Comment