Friday, April 18, 2014

16 de Abril

Carta aberta para um certo alguém que não conhece o Blog... 

Para Um Menino Qualquer 
Eu acredito que a poesia é mais que uma forma de escrever, é uma linguagem única, e por ser uma linguagem, só faz sentido quando usada em um diálogo. Então eu nunca escrevi um poema se não tivesse alguém com quem eu queira me comunicar...
Mas por vários anos eu não tinha alguém para escrever, até que dia 17 de novembro de 2013, eu vi um poema no Spotted. Um poema para ninguém em particular e finalmente senti vontade de escrever rimas de novo. 

Naquele dialogo cheio de versos e
músicas eu aprendi a gostar da chuva e a esperar ansiosa por uma resposta. Você se dizia um Menino Qualquer, mas fez uma diferença enorme pra mim, você se tornou único, especial... Enquanto outros spottedes falavam de paixonites geradas na aparência, eu gostei mesmo do seus versos...

Pena que o tempo passou que eu não
achei coragem para dizer quem eu era... Que nossas rimas se perderam nesses meses... Mas eu te guardo no coração, Menino, e mesmo sem conhecer teu rosto eu te procuro na multidão, por que não me esqueço das vezes que você me fez sorrir quando meu céu estava nublado. Espero um dia poder te ver, nem que seja só pra agradecer pelos tenros versos amarelos. 
Com carinho, Uma Garota Qualquer.

No comments:

Post a Comment